Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Aviso Prévio
   Recolhimento da Contribuição Sindical
   Convenções Coletivas
   Colônia e Clube
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Sindicato Forte
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nova diretoria da Federação da Saúde toma posse e tem novos desafios até 2019


Foi realizada nesta sexta-feira (12/12) a solenidade de posse diretoria da Federação dos Trabalhadores da Saúde do Estado de São Paulo. O evento ocorreu em São José dos Campos. O presidente Edison Oliveira, continua no comando da entidade.
De Jaú são quatro companheiras na diretoria. Edna Alves, presidente do Sindsaúde, é a primeira secretária da entidade. Maria Jerusa assumiu a diretoria de Sede e de Patrimônio. Sofia Borges e Ivanilde Almeida são suplentes de diretores ( a lista completa está abaixo ).
Os representantes foram reeleitos por unanimidade na eleição que aconteceu no final de outubro e darão continuidade ao importante trabalho de organizar as entidades sindicais e lutar pela evolução da categoria da saúde pelo quinquênio 2014/2019.
Na solenidade, o presidente da UGT, Ricardo Patah, cumprimentou os dirigentes e lembrou que esta é a primeira vez que dá posse a dirigentes de uma federação. Ele entregou a carteirinha de diretor a Edison Oliveira e depois, ambos, entregaram o documento para todos os dirigentes.
Jerusa, até então tesoureira da Federação, fez uma homenagem ao presidente Edson em nome dos demais diretores. Entregou ao comandante máximo da entidade uma corrente com pingente. Depois do discurso de Edison os convidados participaram de um jantar.Ricardo Patah lembrou que a Federação representa 600 mil trabalhadores da saúde no Estado, o equivalente à metade de todos os trabalhadores do Brasil nessa área. Segundo ele, "vivemos um momento em que o governo está anunciando grandes mudanças, o que significa austeridade", por isso a Federação e os sindicatos precisam ter a capacidade de fazer com que as promessas sejam cumpridas e lutar para que o governo não mexa nos direitos dos trabalhadores e não diminua ainda mais os empregos disponíveis em nosso país.
Força da entidade - Patah lembra que "a categoria da saúde mostrou nos últimos anos uma capcidade de articulação muito grande" e citou as demandas e pela jornada de 30 horas e o piso nacional. Também citou o esforço pessoal do presidente Edison para fazer o governador de São Paulo alterar o piso estadual e incluir novamente a categoria da saúde no decreto assinado no início de 2014. Hoje, por ingerência da Federação, a saúde tem mais alto piso regional do país, de R$ 920,00
"Meus companheiros e companheiros, o momento de posse é momento de reflexão. São cinco anos de muito trabalho para desenvolver em prol da categoria, uma categoria que é fundamental e que atendeo que é mais essencial para o povo brasileiro, a saúde. Essa Federação tem história e construiu muitas questões fundamentais em favor dos trabalhadores", concluiu o presidente da UGT.

Continuidade - O presidente reeleito Edison Laércio de Oliveira disse que a posse não é o início de um novo trabalho, mas sim a continuidade do que já é feito há muitos anos pela entidade. "Tenho certeza que continuaremos a desempenhar um grande trabalho", falou, lembrando do respeito que a entidade conquistou no Estado, no País e até internacionalmente - neste mês ele foi eleito vice-presidente da Uni Global, uma central internacional de defesa dos trabalhadores.
Edison falou que muitas vezes o trabalhador da saúde é impedido de salvar vidas por causa da falta de estrutura nos hospitais e que isso precisa mudar, como muitas coisas já mudaram ao longo de décadas. Entre elas, a semente plantada em 1989 pela Federação para se criar a NR32, norma que regulamenta a segurança do trabalhador. "Em 1996 fizemos o maior projeto de educação para o trabalhador que esse pais já teve e que foi copiado pelo Ministério da Saúde na época do ministro José Serra."
O presidente disse ainda no seu discurso que a Federação se faz com companheiros que chegam e saem, abrindo vagas para novos líderes. E agradeceu a todos pela votação unãnime. Por fim, desejou um feliz 2015 a todos os trabalhadores da saúde representados pela entidade.

VEJA MAIS FOTOS NO ÁLBUM


Nova diretoria que será empossada:
Diretoria de Efetivos:
Edison Laércio de Oliveira - Presidente
Paulo Pimentel – Diretor 1 º Vice-presidente
Erivelto Correa Araújo – Diretor 2 º Vice-presidente
Mychelle Nascimento Francisco –Diretora de Relações Públicas
Elaine da Silva Amaral –Diretora Secretária Geral
Edna Alves -Diretora 1 ª Secretária
João do Nascimento Carvalho- Diretor 2 º Secretário
Valdeir Magri – Diretor Tesoureiro Geral
Aristides Agrelli Filho – Diretor 1 º Tesoureiro
Alexandre Ferreira Corte – Diretor 2 º Tesoureiro
Sérgio Roberto Balduíno – Diretor Assuntos Previdência Social
Maria das Graças Artur Machado – Diretora de Recursos Humanos
Paulo Roberto Gondim Richieri – Diretor Procurador
Leide Mengatti - Diretora de Relações Intersindicais
Carlos José Gonçalves- Diretor de Legislação e Normas
Luiz Carlos Vergara Pereira –Diretor de Imprensa e Divulgação
Maria Hermann -Diretora Cultural
Milton Carlos Sanches – Diretor de Assuntos Parlamentares
Vera Lúcia Salvádio Pimentel – Diretora Arquivista
Maria Jerusa de Abreu – Diretora de Sede e Patrimônio.
Conselho Fiscal Efetivo:
Elizabete Antonia Bertin
Rozélia Barbosa dos Santos
Lierse Christovam de Almeida
Delegados Efetivos Representantes da CNTS:
Marta Alves de Carvalho
Paulo Cesar Pereira Richieri.
Diretoria Suplente: Maria Helena Anunciação de Souza, Marcelo Alexandre Câncio dos Santos; Anselmo Eduardo Bianco; Sofia Claudete Rodrigues Borges; Maria Ivanilde de Araújo Almeida; Florivaldo Pereira de Almeida, Maria Cecília da Silva, Maria do Carmo de Oliveira; Arnaldo Batista de Almeida, Marcos Paulo Jordano; Carlos José Suzano da Silva; José Monteiro dos Santos; Susana Chiarelli dos Santos; Marly Alves Coelho; Ana Ferreira da Silva; Shirley Cristina dos Santos Bertin; Elidalva da Silva Lima; Martinho Luiz dos Santos Dias; Taís Aparecida Jacon Matheus; Vera Lúcia Andrade de Oliveira.
Suplentes de Conselho Fiscal: Sofia Rodrigues do Nascimento; Natalício Valério da Silva; Francisco Salvio de Almeida.
Suplentes dos Delegados Representantes da CNTS: Ivone Carrocini; Sebastião Aparecido Matias.

 
 
Sindicato da Saúde Jaú e Região
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br