Jaú   •  
   Página Inicial
   Associe-se
   Atendimentos
   Aniversariantes
   Acordos
   Convenções Coletivas
   Colônia, Clube e Rancho
   Código de Ética
   Convênios
   Contribuições Online
   Cursos / Palestras
   Diretoria
   Eventos
   Espião Forceps
   Fale Conosco
   Galeria de Fotos
   História
   Homologação
   Links Úteis
   LEI: Auxiliar x Técnico
   Localize
   Notícias
   Seguro de Vida
   Telefones Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

1.000 CASOS E SUBINDO... CASOS DE DENGUE CRESCEM E JAÚ VAI NA CONTRAMÃO DO PAÍS

fonte: Comércio do Jahu
Ocorrências de dengue sobem 60,1% em comparação a 2013

Ampliar As ocorrências de dengue tiveram aumento de 60,1% em relação ao contabilizado em 2013. Neste ano, até ontem, foram registrados 975 casos da doença. Em todo o ano passado, até o dia 31 de dezembro, a Secretaria de Saúde teve 609 notificações positivas.
A Prefeitura de Jaú realizou ontem coletiva de imprensa para dar esclarecimentos sobre a epidemia no Município. De acordo com o prefeito Rafael Agostini (PT), a grande quantidade de pessoas com dengue está relacionada ao ciclo epidemiológico da doença, que teve início no ano passado.
Na região Sudeste, os casos de dengue caíram 84,1% no primeiro bimestre de 2014, até o dia 28 de fevereiro. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, e o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, apresentaram o balanço de casos de dengue ontem, em Brasília.
Segundo o Ministério da Saúde, todas as regiões do País reduziram o número de casos no primeiro bimestre deste ano. Agostini ressalta que Jaú não está na contramão do País e que ainda sofre os efeitos dos altos índices da doença em 2013.
“Estamos trabalhando contra a dengue e vamos vencer, assim como ocorreu com outros municípios. Estamos realizando bloqueio de criadouros e nebulizações, justamente para evitar maior transmissão para os moradores de Jaú”, afirma o prefeito.
Segundo os dados do Ministério da Saúde, o 10º município brasileiro com maior número de casos de dengue no primeiro bimestre deste ano é Campo Belo (MG), com 1.410 ocorrências. O governo federal também divulgou o novo Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), mas o estudo não considera Jaú.

Ações

Entre as ações de combate à dengue, a Secretaria de Saúde de Jaú ressalta as visitas realizadas por agentes nas residências. Normalmente, cerca de 40% das casas são encontradas fechadas, o que impossibilita, segundo a Prefeitura, trabalho mais maciço nos imóveis.
O secretário de Saúde, Gilson Scatimburgo, ressalta que, em 2013, foram realizadas 115 mil visitas a residências do Município (veja quadro). “Estamos realizando as visitas nos imóveis para melhorar a situação e bloquear os criadouros. Além da nebulização, é necessário acabar com as larvas do mosquito”, explica Scatimburgo. (Flaviana de Freitas)

 
 
SindSaúde
Rua Sebastião Ribeiro, 501 - CEP 17.201-180 - Centro - Jaú / SP
Fone (14) 3622-4131 - E-mail: sindsaudejau@uol.com.br